Login com o Facebook

Home > Xbox > Opinião: Rogue One, fan service e Halo Reach

COMENTÁRIO DO EDITOR
" Breve análise sobre duas sagas épicas! "

Opinião: Rogue One, fan service e Halo Reach

Fonte: UniversoXBOX em 27/12/2016
  • Seguir
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • Compartilhar pelo WhatsApp

SE NÃO ASSISTIU Rogue One AINDA OU NÃO ZEROU HALO REACH, ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS!

 

Logo após começarem os créditos de Rogue One pensei: “caramba! Acabei de assistir ao maior fan service de Star Wars e Halo ao mesmo tempo!”. Não entendeu a relação? Relaxa, vou explicar.

No game da Bungie, um grupo de soldados vão em uma missão suicida a fim de conseguir informações vitais sobre os inimigos e mandar para a nave de seu comando. Lembra algo? Ainda não? O jogo é um spin off, assim como o filme, e todos morrem no fim. Quer mais? O game protagonizado por Noble 6 é um prequel ao primeiro da série e também tem um final que é TOTALMENTE voltado ao fan service, daqueles que fazem nossas lágrimas nerds escorrerem.

Calma, não vejam isso como uma crítica ao filme. Talvez os roteiristas e diretor nunca tenham jogado, mas que a semelhança é brutal, é inegável.

Outro ponto muito discutido nesse mundo maravilhoso chamado internet é a profundidade que o filme trata os personagens. Realmente, não tem nenhum forte e marcante. Muito menos a protagonista, Jyn Erso. Mas o que estes críticos de Facebook não entendem é que o longa não é o primeiro de uma franquia ou um reboot que tem o objetivo de angariar fãs. O único objetivo de Rogue One é fazer um cafuné nos fãs da trilogia original. É um (SUPER) extra que viria num dvd.

Rogue One, visto pela ótica que deve ser analisada, é perfeito. Cumpre seu papel. Assim como Reach, quando a Bungie dava adeus à sua épica franquia.

O post Opinião: Rogue One, fan service e Halo Reach apareceu primeiro em Universo Xbox.

SEGUIR XBOX

Acompanhe as outras novidades e conheça a galera que faz parte deste assunto.

COMENTÁRIOS



Carregando Comentários...