Login com o Facebook

Home > Nutrição > Método BLW: introdução alimentar consciente

Método BLW: introdução alimentar consciente

Fonte: Patricia Davidson em 29/06/2016
  • Seguir
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • Compartilhar pelo WhatsApp

O Baby-ledWeaning (desmame guiado pelo bebê) oferece a comida em pedaços para que ele se sirva sozinho. Entenda sobre a prática já aderida por muitas mamães ao redor do mundo!

O método BLW (baby ledweaning) é uma forma mais humana e consciente de introduzir a alimentação complementar a partir do 6º mês de vida da criança. Na prática, consiste em oferecer alimentos em pedaços, formas e tamanhos que o bebê consiga segurar com as mãos e levar à boca, ou seja, ele entra em contato com o alimento em sua forma inteira, sem estar batido, amassado ou liquidificado, o que desperta a consciência alimentar desde os primeiros meses de vida.

Os alimentos são cortados e colocamos ao alcance do bebê para que ele escolha o quer pegar e levar à boca. O ideal é deixá-lo só de fraldinha, pois no inicio acaba fazendo sujeira. A ideia é que os pequenos comecem a realizar as refeições junto com a família, sentado em seu cadeirão e, por meio da curiosidade, provem os alimentos que estão disponíveis para ele.

Este contato com a comida é essencial para que ele conheça o sabor, a textura, a cor e o cheiro dos alimentos. Além disso, é a forma mais natural na mudança da percepção alimentar (transição entre o liquido e o sólido). Ainda é importante que não haja rigidez de horário para a oferta.

Assim, haverá mais estímulo à mastigação, que é importantíssima para o desenvolvimento motor da criança, e maior identidade com sabor isolado do alimento, sem misturas de papinhas, sucos, etc.

Muitos pais ficam receosos do bebê engasgar com o alimento sólido, mas existem muitas formas de tornar o ambiente mais seguro e favorável para desenvolver o BLW:

pd-blw-1

No 6º mês de vida o bebê já consegue ficar sentadinho, então basta deixá-lo em ângulo de 90º quando estiver experimentando os alimentos. Se seu filho ainda não consegue sentar, não é o momento de oferecer o alimento sólido.

Também é muito importante que o método seja acompanhado por um adulto, mas devemos ter paciência para não tornar o processo estressante. Faça-o no momento em que você dedica seu tempo à criança. Não adianta apressar.

Não tente ajudar a colocar o alimento na boca, deixe que o pequeno entre em contato com o alimento e tente comer sozinho. Podemos ajudar apenas a estimular que ele pegue, ou no máximo encostar a comida na boquinha dele. Alimentos arredondados, como tomate cereja, uva e ovinho de codorna devem ser oferecidos partidos para não correr o risco de entalar. Lembre-se também de retirar os caroços, ok?

É importante ressaltar que apesar da tradução ser de desmame, o método NÃO encoraja a retirada do leite materno. Ela é uma forma de COMPLEMENTAR a amamentação a partir do sexto mês de vida, quando o leite já não é suficiente para o desenvolvimento do bebê.

ass_bruna

SEGUIR NUTRIÇÃO

Acompanhe as outras novidades e conheça a galera que faz parte deste assunto.

COMENTÁRIOS



Carregando Comentários...