Login com o Facebook

Home > Empreendedorismo > Você também deveria investir e valorizar suas amizades

Você também deveria investir e valorizar suas amizades

Fonte: Dinheirama em 4/09/2018
  • Seguir
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • Compartilhar pelo WhatsApp
Você também deveria investir e valorizar suas amizades

Hoje a reflexão é sobre amizade. Quanto do seu tempo é dedicado aos amigos?

Quantas vezes por mês você consegue parar para tomar um café com um deles, fazer uma ligação para colocar o papo em dia ou simplesmente mandar uma mensagem perguntando como as coisas estão?

Falamos tanto em ter metas e propósitos, falamos tanto em não nos deixar abater quando as coisas não dão certo, em não ter medo de mudanças nem de sair da zona de conforto.

Mas, se pensarmos bem, todos esses pontos, para darem certo, sempre se apoiam em algumas bases poderosas em nossas vidas. A maior delas talvez sejam os amigos.

Como dizem por aí, amigos são a família que a gente pode escolher, por isso uma amizade só dura se fizer sentido, se há o que trocar, o que evoluir em conjunto.

Muitas vezes as pessoas mudam tanto que algumas relações já não vão para frente. Mas o que fica… ah, querido leitor, é cada dia mais fundamental.

Certa vez li um livro que dizia que quanto mais envelhecemos, mais precisamos daqueles que nos conheceram quando jovens.

São eles que vão nos lembrar de tantas coisas que esquecemos, vão reforçar que fomos capazes de vencer tantas batalhas, que tivemos coragem para realizar uma mudança tão necessária, ou que passamos da melhor maneira possível por uma dessas tempestades da vida. Sem eles, muitas vezes a gente se esquece de quem é. E isso não pode acontecer!

Felizmente tenho a sorte de ter amigos de longa data. Tenho amigos que estão ao meu lado há mais de 20 ou 30 anos.

Sim, são amigos de infância, a quem eu recorro, ou recorrem a mim, sempre que preciso. Aí nos lembramos de tanta coisa que passou e nos tornamos mais fortes para enfrentar o que virá.

Também tenho amigos de pouco tempo mas que já têm sua importância imensa!

Dessa vez eu resolvi convidá-lo a refletir sobre as suas amizades e a por em prática algumas atitudes para cuidar melhor delas, combinado?

E se você estiver se sentindo meio isolado, sem amigos para chamar de seus, ora, nunca é tarde!

Sempre é tempo de conhecer pessoas que têm propósitos e interesses semelhantes aos nossos. Basta se permitir!

O fato é que, entre tantos investimentos que costumamos fazer, este é um dos mais certeiros e com menor risco, portanto, precisam fazer parte da nossa carteira da vida, combinado?

7 sugestões para cuidar melhor das suas amizades

  1. Dar um “Oi” de vez em quando – Uma amizade precisa de constância, então é preciso que, ainda que de vez em quando, você faça contato com aquele amigo, dê um “Oi”, pergunte como está a vida dele ou dela. Se está longe ou ocupado demais, vale uma mensagem, um e-mail ou um telefonema!
  2. Tomar um café de vez em quando – Ver os seus amigos pessoalmente, sempre que possível, é muito importante. Nem sempre é fácil, especialmente se há muito trabalho e pouco tempo. Mas que tal, em sua gestão do tempo, colocar espaço na agenda para pelo menos um café com um amigo ao longo do mês? Você vai ver que fará uma diferença incrível! É ganho na certa!
  3. Saber ouvir e não só falar – Uma amizade de verdade requer que a gente saiba ouvir. Não basta encontrar o outro e usá-lo como esponja para despejar tudo que você ainda não falou para alguém. Preste atenção aos limites e, além de falar, esteja disposto a ouvir. Todo mundo quer ser ouvido. Muitos vezes é isso que alguém precisa para resgatar aquela força interior tão necessária.
  4. Saber falar quando necessário – Em alguns momentos é necessário falar. Um amigo de verdade precisa dizer certas coisas que todos os outros não dirão. É assim que você fará a diferença na vida de alguém que não está conseguindo enxergar as coisas de uma maneira tão clara ou que simplesmente precisa de um empurrão para mudar certas atitudes. É claro que cada um tem suas opiniões, e a verdade, de certo modo, é relativa. Mas não deixe de opinar se necessário.
  5. Respeitar o espaço do outro – Respeitar o espaço, o tempo e os limites do outro é algo fundamental. Se um quer sair, mas o outro quer ficar quietinho em casa, respeite. Se um não quer beber, e o outro quer tomar tudo o que pode, respeite. É muito mais agradável e provavelmente duradoura uma relação onde há respeito mútuo.
  6. Perdoar – Muitas vezes o seu amigo não poderá fazer certas coisas por você, nem poderá estar ao seu lado em determinadas situações. Faz parte da vida e do ser humano, não sabemos o que se passa com o outro. Por isso, procure focar na parte boa e nas tantas vezes em que ele esteve do seu lado. Perdoe também atitudes ou palavras que podem ter saído sem querer. Ninguém é perfeito.
  7. Não cobrar – Amizade não se cobra. Não se deve exigir presença, aliás, isso é algo que pode matar uma amizade. Um amigo estará ao seu lado sempre que puder estar, mas você não sabe o que se passa internamente dentro dele para exigir ajuda, tempo ou qualquer outra coisa, combinado? Deixe fluir sem cobranças.

------ Este artigo foi escrito por Janaína Gimael. Este artigo apareceu originalmente no site Dinheirama.A reprodução deste texto só pode ser realizada mediante expressa autorização de seu autor. Para falar conosco, use nosso formulário de contato. Siga-nos no Twitter: @Dinheirama

SEGUIR EMPREENDEDORISMO

Acompanhe as outras novidades e conheça a galera que faz parte deste assunto.

COMENTÁRIOS



Carregando Comentários...