Login com o Facebook

Home > Cervejas > Degustação: Bodebrown 2014 Wee Heavy Amburana - Wood Aged Series

COMENTÁRIO DO EDITOR
" Degustação após um ano e meio de guarda. "

Degustação: Bodebrown 2014 Wee Heavy Amburana - Wood Aged Series

  • Seguir
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • Compartilhar pelo WhatsApp

Estilo: Specialty Wood-Aged Beer | ABV: 8% | Origem: Curitiba - PR

 

Consolidada como um dos mais aclamados nomes da atual cena artesanal nacional cervejeira, a "Cervejaria Escola Bodebrown" surgiu em 2009 na capital do Paraná, Curitiba. Fruto dos esforços da paranaense Andrea Cordeiro Pinto e do pernambucano Samuel Crhistophe Cavalcanti Cabral, a cempresa tem como símbolo o bode - animal que tradicionalmente habita o sertão nordestino.

Sucesso de críticas tanto por parte de amadores quanto de especialistas, o reconhecimento por sua qualidade e ousadia é unânime. Tal reconhecimento tem inclusive vindo em forma de prêmios conquistados em concursos nacionais e estrangeiros.

Sempre ativa, a empresa não só fabrica, mas também ministra cursos sobre produção cervejeira, harmonização, 'homebrewing', além de comandar eventos culturais/gastronômicos como o "Beer Ranch" e "Beer Train".

WOOD AGED SERIES

Surgida em 2014, a linha propõe envelhecer rótulos já comercializados pela casa em barris de madeira que foram utilizados anteriormente na produção de bebidas como destilados e vinhos. As tiragens são sempre limitadas e costumam se esgotar em pouco tempo.

WEE HEAVY WOOD AGED AMBURANA

 



Segundo rótulo da linha "Wood Aged", trata-se de uma versão especial da "Wee Heavy" envelhecida por seis meses em dornas de amburana previamente utilizadas pela cachaçaria gaúcha "Weber Haus". No total, foram disponibilizadas para a venda cerca de três mil garrafas - todas numeradas. A cervejaria recomenda que se guarde ao menos duas unidades de cada sob a temperatura de 12 graus Celsius para que se confira sua evolução daqui cinco e depois dez anos.

*Unidade número 0248 de 400 com um ano e meio de guarda.
**Degustada em temperatura ambiente - 10ºC.

Líquido marrom escuro, permitindo alguma passagem de luz. Vertido na taça, forma três dedos de colarinho bege de longa permanência.

Aroma complexo, disposto em camadas de malte, madeira, especiarias, além de leve frutado. Notas de melaço, caramelo, cachaça, baunilha e canela projetam-se com nitidez. Pitadas de bananada, doce de maçã e turfa complementam em segundo plano. Espetáculo!

De corpo alto e carbonatação amena, tem sabor estruturado na doçura do malte, que se desdobra em nuances de toffee e melaço com leve turfado. Reminiscências de banana assada, coco queimado, canela, cachaça e baunilha seguem adjacentes. Álcool bem inserido. Um amargor suave contrapõe o final longo, doce e licoroso. Ecos de turfa, cachaça e madeira alcançam o retrogosto. Drinkability reduzida.

O resultado é uma cerveja pra lá de interessante, mas que rapidamente se torna enjoativa. Deve acompanhar muito bem sobremesas como tiramisù ou manjar de coco com calda de ameixa.

SEGUIR CERVEJAS

Acompanhe as outras novidades e conheça a galera que faz parte deste assunto.

COMENTÁRIOS



Carregando Comentários...