Login com o Facebook

Home > Anime > Impressões: Hundred ep 1 ao 4 - O anime ação/harém/romance/ecchi da temporada

Impressões: Hundred ep 1 ao 4 - O anime ação/harém/romance/ecchi da temporada

Fonte: Intoxicação Animentar em 26/04/2016
  • Seguir
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • Compartilhar pelo WhatsApp

Todo ano tem vários animes de ação/harém/romance/ecchi. Em Janeiro de 2016 foi Bahamut e agora na temporada de Abril 2016 é Hundred. Que até o momento não fede nem cheira (gostei mais dele que Bahamut no entanto), mas até que consegui simpatizar com uma heroína e me divertir com alguns episódios. Então vamos a uma análise rápido do que vi de bom e ruim nele até o momento.

Hundred episódio 1 ao 4

Hundred não está fazendo nada demais até agora, e dai o motivo de quase ninguém comentar ele. Faltou algo mais impactante no episódio 1 para chamar atenção, e no episódio 2, quando mostraram uma luta legal até (muito mais bem animada do que se espera desse estúdio), o povo já tinha dropado no episódio 1, e ele não fez nada realmente diferente para ganhar atenção depois disso.

No meu teste dos 3 episódios ele se salvou com o 3º. Achei divertido o climax final e acabei criando uma grande simpatia pela heroína que fingia que era homem. A personalidade grudenta e agressiva (no sentido de deixar na cara o que quer do protagonista) dela é muito simpática, além dela ser muito competente em lutas, diferente do que eu esperava (pensei que seria a donzela em perigo). Já a loira não disse tanto, apesar de dar para rir com ela reclamando do protagonista roubando todas as primeiras vezes dela - incrivelmente sem fazer chilique ou bater nele no processo. Ao menos misso o autor fez ela diferente da tsundere padrão.

Escolha sua waifu
O protagonista, bem, ele tá seguindo o padrão, gente boa e com um dom milagroso para cair em cima de peitos (e bocas). O único diferencial é que ele não faz escândalo por isso e parece realmente interessado no sexo feminino, como na cena que foi beijar a garota no final do episódio 3 por vontade própria (o que já é mais do que se espera de protagonistas de harém). Algumas tiradas irônicas dele saindo de situações comprometedoras foram engraçadas também.

No arco 2 (ep 4) começou minha decepção, com o famoso "arco da idol", que a maioria das obras parece ter agora. Mas fora isso está se saindo uma série ok, famoso "não fede nem cheira". A animação das lutas é melhor do que o esperado, e não apelam para CG nas armaduras e monstros, o que é legal. A consistência do agradável design tem sido espantosa também.

O herói é o denso de sempre (até agora) mas menos escandaloso. Ficar vendo esse anime ou não vai depender unicamente, se, como eu, uma das heroínas te chamou a atenção e você quer ver mais dela. Fora isso, é o ação/harém/comédia/romance com os clichês de sempre, com novos personagens e trama, que você assiste para se divertir de forma descompromissada, não para procurar uma boa história por trás. E nesse sentido, até que ele está fazendo um trabalho razoável.

Avaliação: ★   ★ ★ 

Extras



O ecchi desse anime é bem light no geral, mas devem mostrar uns peitos na versão BD sem censura, já que estão censurando uns cortes aqui e ali com a luz branca do demônio.


E da-lê beijos! Tomara que continue. Prefiro isso a ecchi. E ao menos ninguém vai poder reclamar que o anime terminou sem um beijo sequer.


Legal essa ED especial que fizeram para o episódio 4 com as principais membros do conselho estudantil vestidas de Idols (espero que não aconteça no anime no entanto).


SEGUIR ANIME

Acompanhe as outras novidades e conheça a galera que faz parte deste assunto.

COMENTÁRIOS



Carregando Comentários...